Prudentópolis tem escalada sim!

Por Andrey Romaniuk

Recentemente rolou na lista de e-mails da FEPAM um levantamento dos locais onde existem vias de escalada no Paraná. Alguns locais ficaram a ser confirmados sobre vias, e um deles foi Prudentópolis.

Em pelo menos dois locais da região existem vias, que foram abertas em 2001 por Márcio Grochocki (Macarrão), Leziones do Livramento (Legends), e Ricardo Kirilov (Caverna). Duas vias ficam no salto São Francisco e uma no morro Cabeça de Lobo.

Para oficializar o registro, abaixo seguem as descrições das vias, por Márcio Grochocki (Macarrão), juntamente com os respectivos croquis.

Salto São Francisco

Salto São Francisco

A via Urtigas foi aberta buscando acesso as paredes acima do primeiro platô. No entanto a vegetação era muito densa e esta finalidade foi deixada de lado. Taí o nome da via… muito cipó, espinhos e urtiga. A parede parece bastante fácil, mas engana muito. A base fica na primeira parede abaixo do totem do mirante perto de uma palmeira. Existe um parabolt de 10mm sem chapa um pouco abaixo de uma pequena fenda. AVISO: Leve uma chapa! A fenda é muito ruim! O resto pode ser protegido com stoppers e friends. A parada e rapel pode ser feita em qualquer uma das árvores do platô.

Clique na imagem para ver o croqui – UrtigasCroqui - Urtigas

      A via Êta Vida da Dura termina exatamente no bloco (totem) característico que está no mirante principal do salto. Para chegar a base da via é necessário laçar o totem com uma fita e fazer o rapel. Lá embaixo no platô, a via inicia em um diedro com vegetação (bromélias e cactus) que pode ser bem portegido com friends e laçando uma árvore. Um lance de aderência leva ao platô da parada que é feita laçando blocos de pedra. Na 2 cordada, elimine o fator 2 protegendo com um friend em uma pequena fenda acima da parada. Vá para um platô que dá acesso a uma laca oca suspeita… dá pra proteger, mas não sei se aguenta uma queda… a partir daí não tem volta… Fenda cega, parede suja, mínima aderência, e blocos soltos. A segunda cordada é muito exposta e protegida por peças pequenas em locais suspeitos. Cuidado com um grande bloco solto perto do fim da via! A via não tem noticias de repetições, e em nossa próxima investida iremos acrescentar pelo menos 2 chapas. Assim, com toda certeza a viagem ficará mais democrática e segura. A parada é feita laçando o totem. Evite bater proteções fixas, respeite as paredes… elas oferecem um quebra-cabeça incrivel!

Clique na imagem para ver o croqui – Êta vida duraCroqui - Êta vida dura

Morro Cabeça de Lobo

Morro Cabeça de Lobo

A via Favo de Mel está localizada no morro Cabeça de Lobo, também em Prudentópolis. Para chegar a base da escalada faça um rapel do mirante do Cabeça de Lobo. É conveniente deixar uma corda fixa para a volta, mas também é possivel retornar por uma escalada bem fácil em móvel. A 1 cordada é feita num trecho de rocha bastante decomposta. A dica para encontrar a saída da via é iniciar logo a esquerda de uma calha cheia de mato. A 1 parada é feita laçando blocos de pedra. A 2 cordada contorna a torre e é a mais bonita. Pode ser bem protegida com friends. A parada é feita em móvel no cume. Cuidado! Existem vários blocos instaveis no cume! Não derrube nenhum, e muito cuidado ao subir neles. A 3 cordada é uma travessia de trepa mato, mas vale a pena proteger laçando arbustos. Cuide muito bem das arvorezinhas do cume, o rapel é feito nelas. Leve fitas para abandono. Use capacete, e cuidado com as abelhas e marimbondos que habitam as paredes. A primeira tentativa de repetição foi frustrada tamanha a quantidade destes insetos. Até hoje só foram feitas duas escaladas nesta via. No cume existe um caderno de registros.

ATUALIZAÇÃO 2015 – A 3ª enfiada descrita no croqui não existe mais. O bloco entalado desabou. Ainda é possível escalar as duas primeiras enfiadas e rapelar do cume menor, em fitas/cordeletes abandonados. O acesso a Caixa de Cume não é mais possível por esta via.

Clique na imagem para ver o croqui – Favo de melCroqui - Favo de Mel

Boas escaladas!

Márcio Grochocki e Andrey Romaniuk na 1 repetição da via “Favo de Mel” – Morro Cabeça de LoboVia "Favo de Mel" - Morro Cabeça de Lobo

 

ATUALIZAÇÃO

Um ótimo setor de escaladas em Prudentópolis fica no Pico Agudo, na localidade entre Tijuco Preto/Rio da Areia. As aberturas de vias começaram em 2015, e atualmente já somam um total de 30 vias (2019).

Setor de escalada esportiva em arenito Botucatu, com visual deslumbrante! Os croquis estão disponíveis no Post Escaladas no Pico Agudo (Prudentópolis – PR)

Um novo setor descoberto em 2019 está em desenvolvimento com diversos Boulders e vias de escalada sendo abertas, na localidade Sete de Setembro/Torquato.

4 Responses to Prudentópolis tem escalada sim!

  1. Pedro Hauck disse:

    Fala Andrey.
    Estive assistindo um video no youtube de uns caras que foram pro pico Agudo. Vc’s tem conquista lá né? Quantas vias foram abertas?

  2. Michell Michalczyszyn disse:

    Beleza Andrey.

    Poderia me informar melhor como chegar neste morro.

    Obrigado.

    Michell Michalczyszyn

    • Trad Friends disse:

      Olá Michell,
      Para acesar o Morro Cabeça de Lobo vc passa a pousada Salto São João, depois passa o mirante na beira da estrada, dali seguir por +/- 1100 metros e entrar a esquerda em uma estrada ao lado de uma plantação. Acho que você pode perguntar para o Claudio lá na pousada do Salto São João que ele te explica facilmente o início da trilha.
      As coordenadas do morro são: 25° 4’3.43″S / 50°59’7.49″W

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: