Guia de Escalada Ortilenha (Três Pontões) Ortigueira – PR

17 fevereiro, 2020

Foi disponibilizado em formato digital os croquis de escalada da região da Serra Pelada, no município de Ortigueira – PR.

Fruto de trabalho dos escaladores Daniel Amorim (Xambrê), Victor Beal Filho e Bruno Mendes, o guia cataloga mais de 50 vias do local, com um pouco do histórico das primeiras investidas na região.

Escalada em Basalto com proteções fixas e móveis mescladas em vias longas de vários largos.

O local também conta com o “Abrigo Ortilenha Experience”, espaço criado por Bruno Mendes para hospedar quem deseja desfrutar das belezas da região. Maiores informações: mendes.bruno07@gmail.com ou 043 98803-4426

DOWNLOAD – Guia de Escalada ORTILENHA (Três Pontões) Ortigueira – PR (PDF)


Guia de Escaladas do Pico Tucum – PR

29 novembro, 2019

Até poucos meses atrás o Tucum não era visto como um local para escaladas em Rocha na região de Curitiba/PR. Belas paredes de granito com mais de 300m de altura quase não foram exploradas. Como citado no capítulo “Um pouco da história do Projeto Tucum 20 anos”, somente 2 escaladas foram realizadas nesta montanha até 2018.

Mas certamente muitos escaladores olhavam para elas e sempre comentavam da possibilidade.

Não foi diferente com o Tavinho (Gustavo Castanharo) e com o Cover (Giancarlo Castanharo), mais conhecidos como os irmãos “Covers”. Desde 1994 iniciaram Continue lendo »


Escaladas no Pico Agudo (Prudentópolis – PR)

20 novembro, 2019

O Pico Agudo, localizado no município de Prudentópolis, situa-se entre as localidades de Tijuco Preto/Rio da Areia. O local já é frequentado há tempos por aventureiros da região, e serve de plataforma para uma antena em sua porção mais elevada.

As vias de escalada em rocha começaram a ser abertas em 2015, quando os escaladores Curitibanos Andrey Romaniuk e Paulo Haiduke se mudaram para a região (Prudentópolis e Guarapuava, respectivamente). Junto do escalador Antonio Vieira, de Guarapuava, iniciaram a busca de novas paredes, quando se depararam com as rochas do Pico Agudo.

Os trabalhos de abertura de vias e manutenção nas trilhas também contaram Continue lendo »


Guia de Escalada de Itatim

14 outubro, 2019

Este guia é fruto de um trabalho de anos dedicado a escalada e tem como objetivo a divulgação do grande potencial para prática de escalada na região de Itatim (Bahia) disponibilizando informações preciosas aqueles que querem desfrutar de suas paredes. Os autores Elder Resende e Dimitri Resende registram mais de 200 vias de escalada divididas em mais de 20 setores no cenário rochoso exuberante dominado por Inselbergs (Ilhas de Rocha) que se destacam no cenário da caatinga nordestina. As escaladas em rochas graníticas de Itatim são de alta qualidade, apresentam uma enorme variedade de estilos com fissuras, agarras, regletes, abaulados, aderências, negativos e tetos, tanto em vias esportivas como de até 360m.

Itatim é um dos locais mais proeminentes de escalada no Brasil, com possibilidades futuras de milhares de vias. Seu clima seco e quente, porém ventoso proporciona escaladas durante o ano todo. Localizada a apenas 200km de Salvador, conta também com o Abrigo de Montanha de Itatim para hospedagem ou camping a poucos metros do Morro da Toca.

O guia pode ser adquirido através do Whatsapp 75-98190-9087 (Elder)

Facebook: https://www.facebook.com/ElderGleidiane

Instagram: https://www.instagram.com/guia_de_escalada_de_itatim/


621 metros de escalada em rocha e mato!

24 julho, 2019

Por Gustavo Castanharo (Tavinho)

Facebook: Tavinho Ovatsug
Instagram: Gustavo Castanharo Tavinho

A escalada da via “Mar de Caratuvas”: tentativas, logística, insucessos e sucessos, e uma queda inacreditável!

Antes de mais nada trata-se de um texto longo! Portanto, se não tem paciência, ou interesse, ou tempo, não prossiga. Mas se você curte escaladas de aventura, histórias, estórias, lendas, roubadas, persistência, vá em frente! É um texto e tanto!

A escalada da Via Mar de Caratuvas é uma aventura única. Raramente você encontrará uma escalada similar (talvez somente na mesma montanha). Cravada em meio a um dos poucos pedaços intocados que restaram da Mata Atlântica no Brasil seu acesso é complexo e longínquo. Muitos perguntam sobre o grau dela, Continue lendo »


Parece mentira…

4 abril, 2017

Por Andrey Romaniuk

Faz praticamente dois anos que moro em Prudentópolis, no interior do Paraná, mas já visito suas belezas naturais há pelo menos uns dez. Em uma dessas remotas visitas com o comparsa Márcio Grochocki tivemos a brilhante ideia de provar pela primeira vez o balanço de uma slackline. Naqueles tempos tudo era mais rústico Continue lendo »


Highline no Guartelá

4 janeiro, 2017

Por Andrey Romaniuk

Há exatamente um ano atrás, eu e meu comparsa homônimo Andrey Homeniuk passamos alguns dias acampados no Canion Guartelá, durante uma viagem de bicicleta pelo Paraná. Naquela ocasião divagamos com guia Manoel Serino sobre as possibilidades de novas Continue lendo »