Pensamentos ao vento

22 agosto, 2011

Por Alessandro Haiduke

 

E encontrei tanta liberdade como segurança
em minha loucura,a liberdade da solidão e
a segurança de não ser compreendido, pois
aquele que nos compreende escraviza
alguma coisa em nós.
Khalil Gibran – O louco

 

 

Havia aceitado o convite do argentino:
– Venha comer um legítimo cordeiro patagônico mañana, amigo. Soltando um longo sorriso ao final.

A festa reunia muitos gauchos, com alguma exceção (eu). Eram pessoas ligadas diariamente à criação de ovelhas e à extração de lã. Perguntava-me como Continue lendo »

Anúncios