Croquis – Terra de Gigantes

Por Taylor Thomaz

Então galera aos poucos o Setor de boulder TERRA DE GIGANTES na Lapa está andando, digamos assim com as próprias pernas, digo isso porque o setor amadureceu, agora o pessoal está de fato conhecendo esse pico irado de boulder que promete ser um dos melhores do Paraná.

No início fui apresentado ao setor pelo Serginho de Campo do Tenente, posteiormente começamos eu e o Paulo Haiduke a explorar o setor e ampliar os horizontes, conhecendo a cada nova investida mais um subsetor. Na sequência veio o Lula que passou a frequentar bastante também o lugar com a gente, vieram também o China, Camusa, Briones, Betão, Élcio Muliki, Alessandro Haiduke entre outros, recentemente o Poder virou freguês também junto com o Deco, e mais recente ainda o Playba, Xambre, Gabriel, Monstro e cia, todos deram sua contribuição ao setor seja trampando nas linhas, nas bases, abrindo e mandando projetos, sikando agarras e também quebrando-as, pois aqui é arenito e portanto cuidado, muitas agarras quebram, vários crashes e segs são bem importantes, eu mesmo já vaquei algumas vezes.

Devemos lembrar que estamos em propriedade particular, portanto deve-se falar com o dono das terras SEMPRE que forem praticar boulder em suas terras, essa é a regra fundamental do setor, não entre sem avisar antes. E lembre-se, não faça nada que possa prejudicar esse pico alucinante, pois uma atitude errada de um pode comprometer o acesso ao lugar, muita gente já trabalhou nisto. E falando em trabalho, o setor precisa de pessoas motivadas nisto pois se você deseja vir aqui e escalar num pico dos sonhos, portanto torne seu sonho realidade, trabalhando para deixá-lo assim, seja arrumando uma base, uma trilha, uma linha, deixando de escalar em agarras muito frágeis sikando-as discretamente, só para reforçá-las, para que não se percam lindas linhas naturais.

Se pretende acampar/bivacar converse com o proprietário, para ver se o mesmo consente com tal prática, outro detalhe do setor é que ele é bastante selvagem, já foi visto por aqui um puma (sussuarana) de tamanho considerável, há jararacas e cascavéis, eu mesmo quase fui picado por uma cascavel, portanto evite andar sozinho e também evite andar à noite, dê preferência à calçados cano alto, nessa época há por todos os lados um capim rasteiro que à noite dificulta bastante a visualização, e quando chegar nos boulders, antes de esparramar nas bases, primeiro inspecione-as, pois cascavel “gosta” locais rochosos.

Quanto ao acesso à veículos é possível adentrar pela estradinha um trecho e deixar o carro parado bem no canto desta, de forma que não obstrua a passagem à outros veículos, com 4X4 é possível ir bem mais acima, outra coisa, não estacione ou circule dentro das plantações.

Demais cuidados de praxe, levar lixo de volta, não fazer fogueiras, não cortar árvores, etc.

Observação: se abrir algum boulder novo, favor encaminhe, para o email ibitira@yahoo.com.br, uma foto com a linha do dito cujo com nome e grau sugerido, que eu adiciono na lista.

Então vamos ao que interessa… OS CROQUIS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: